Buscar
  • AMCLAM

CULTURA NO MARANHÃO: TEN-CEL FURTADO FUNDA A ACADEMIA MARANHENSE DE CIÊNCIAS, LETRAS E ARTES MILITAR

Atualizado: 21 de Ago de 2020

http://www.agenciadenoticiasbaluarte.com.br/2018/05/cultura-no-maranhao-ten-cel-furtado.html terça-feira, 29 de maio de 2018   CULTURA NO MARANHÃO: TEN-CEL FURTADO FUNDA A ACADEMIA MARANHENSE DE CIÊNCIAS, LETRAS E ARTES MILITARES 03:59 | Postado por Equipe Baluarte | |    A AMCLAM


A AMCLAM será lançada, oficialmente, em junho em grande evento que acontece na capital do estado

POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO


O Tenente-coronel Furtado, militar de reconhecida atuação humanística na corporação, acaba de fundar a Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares-AMCLAM. A entidade será integrada por policiais e bombeiros militares, além de intelectuais ligados ao setor da Segurança  no estado.


PIONEIRISMO Tenente-coronel Furtado funda no Maranhão a Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares-AMCLAM: lançamento acontece em junho em São Luís.


Visando resgatar e ampliar a história da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares, defender e perpetuar as tradições militares maranhenses e brasileiras, cultuar o vernáculo, a literatura e a arte nacional e ainda promover parcerias constantes com instituições e sodalícios da literatura e da arte, a AMCLAM realiza no próximo dia 5 de junho assembleia com a diretoria. A iniciativa é pioneira e pela primeira vez na história da PM do estado o conceito artístico se aproxima da corporação por meio institucionalizado.

Terceira no país nesses moldes, a Academia irá manter, segundo Furtado, intercâmbio com centros de atividades culturais brasileiros e internacionais. Uma forma de contextualizar além-fronteiras a criação, o pensamento e a intelectualidade militar maranhense. Entre as bandeiras da AMCLAM, o incentivo aos militares estaduais na produção de obras multiprofissionais, literárias e artísticas; fomento e valorização da literatura e das artes em todos os níveis e a observação aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, economicidade e eficiência.